Sinais do destino

02 julho 2009
" ... ele ligou a convidar, ela não podia, estava ocupada. Ela ligou a querer comemorar, ele não estava na cidade. Segunda tentativa dele, segundo convite, ela não conseguiu responder. Nova tentativa da parte dela, novo convite, telemóvel deixou de funcionar... estará destinado a não resultar?..."

As vezes o destino envia-nos sinais, pequenos avisos de que as coisas podem correr mal. Porque é que insistimos em ignorar?

1 comentários:

  1. concordo plenamente...o destino é como o vento...temos que o deixar soprar..por mais que o tentemos para ..ele passa e arrasa tudo...